sábado, 23 de maio de 2009

Terceirização nos municípios burla lei dos concursos


Na verdade o que é uma tercerização de trabalho? Nos últimos anos esse tipo de emprego tem se alastrado nas prefeituras cearenses, e com isso facilitando a vida dos gestores municipais quando da contratação ilegal de mão de obra, para tudo que é função nos executivos. Ainda não vi nenhuma ação para fiscalizar de maneira efetiva esse tipo de manobra na lei dos Concursos, pois o exercício da função pública deve ser feito por quem passa por um processo seletivo onde todos tenham chances reais e iguais, mas no caso em discussão há um verdadeiro jogo de "dar emprego" em troca de apoio político ou votos nas eleições. Infelizmente este ciclo vicioso é muito forte, principalmente no interior do Ceará, onde existe a argumentação da falta de emprego e da necessidade do povo pobre destas regiões, que tem neste emprego “fajuto” a única forma de sobrevivência . Eu mesmo já conversei com várias vítimas deste processo de contratação irregular, que por não estar do lado do Prefeito de plantão, é demitida sem justa causa e nenhum direito trabalhista. Cabe aqui neste espaço chamar a atenção do Tribunal de Contas dos Municípios e da Procuradoria Regional do Trabalho para "apertar" o cerco a estas "tais" cooperativas de trabalho, que não servem para nada, a não ser atuar como empregadora de mão de obra barata e ilegal. Com a palavra o TCM e a PGT.

Um comentário:

  1. Acho você uma pessoa batalhadora que está sempre em luta pelo povo! Parabéns!

    ResponderExcluir

A Equipe do Blog do Deuzinho recomenda:
Leia o post antes de comentar;
É livre a manifestação do pensamento desde que não abuse ou desvirtue a imagem do Blog ou do Deuzinho Filho;
Pede-se apenas tolerância e bom-senso dos comentaristas;
Não vamos aceitar xingamentos, palavras de baixo calão ou ataques ofensivos de adversários políticos;
Não será tolerado nenhum tipo de ofensa, desrespeito, ou em desacordo com as regras do Blog ou algo do tipo: criticar os leitores ou falar mal do Deuzinho Filho (aqui, nem pensar!).
Se preferir use o e-mail:

verdeuzinho@gmail.com