segunda-feira, 1 de junho de 2009

ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM PAUTA NA CÂMARA DE CAUCAIA


Câmara de Vereadores de Caucaia realiza, nesta terça-feira (02/06), Audiência Pública para debater a "Prestação de serviços na iluminação pública em Caucaia". A Audiência foi proposta pelo vereador Deuzinho Filho(PMN) e contará com várias autoridades, lideranaças populares relacionadas com o assunto. Representantes, Vereadores e membros de Associações de Moradores de Caucaia manifestarão grande descontentamento com a prestação de serviços de iluminação pública na cidade. As principais reclamações apresentadas giraram em torno do alto preço das tarifas da CIP; da cobrança de taxa de iluminação pública em locais em que ela não existe; da ocorrência de lâmpadas de postes acesas durante o dia e do número excessivo de postes com lâmpadas queimadas em diversos pontos da cidade.
Na sessão anterior, o vereador Deuzinho manifestou-se contra a atuação da empresa que faz a manuntenção da iluminação pública na cidade “As ruas da cidade e dos distritos estão muito escuras. Algumas delas estão com postes com lâmpadas queimadas, há meses, e a prefeitura não troca essas lâmpadas”.
O vereador Deuzinho vai sugerir que seja montado um cadastro único com informações sobre as reclamações dos moradores da cidade e que cada Associação de Bairro ajude na fiscalização dos serviços do serviço. “Algumas associações trarão listas com a localização de postes com lâmpadas queimadas, as quais serão repassadas para a Prefeitura. Isto pode adiantar o trabalho do serviço.” Deuzinho acha que há a necessidade de uma fiscalização mais rigorosa da Prefeitura com relação aos contratos com a Coelce.

5 comentários:

  1. PARABENS PELA ATITUDE, PRECISAMOS REALMENTE ACABA COM ESSE ABUSO DE TARIFA, MAS ATÉ ONDE EU SEI FOI UMA PROPOSTA DO DR. MAS AGORA TE PERGUNTO, PQ VC NAO LUTOU POR ISSO ANTES, JA QUE QUEM SUBIU SEGUNDO DIZEM FOI O DOMINGÃO QUE NEM AQUI ESTA MAIS PRA SE DEFENDER....

    MAS LUTE POR NOSSOS DIREITOS MAS NAO PASSANDO POR CIMA DE NINGUÉM

    ResponderExcluir
  2. E a Câmara que tem funcionarios com salarios de 600,00 à 2.000,00 e só tem o primeiro grau e sem cursos nenhum

    ResponderExcluir
  3. ISTO SÓ TERÁ SOLUÇÃO QUANDO TIVERMOS UM HOMEM DE COMPETENCIA E MORAL A FRETE DE CAUCAIA
    UM HOMEM QUE NÃO TEM MEDO DE LUTAR PELO O QUE É CERTO
    SEM DÚVIDAS ESTE HOMEM ESTA A CAMINHO....

    ResponderExcluir
  4. Sou morador do Araturi e gostaria de saber exatamente como é feito o calculo para a cobrança dessa taxa que costumeiramente é abusiva, pois na conta de energia já vem embutidos vários outros impostos e taxas. Vou descriminar o meu consumo do mês de julho como exemplo:
    Energia R$ 75,40
    Transmissão R$ 4,16
    Distribuição R$ 36,15
    Encargos setoriais R$ 8,16
    Tributos (ICMS PIS / COFINS) R$ 61,46
    Iluminação publica municipal R$ 38,39
    Total R$ 223,72
    Como podem ver o meu consumo foi de R$ 75,40 e com taxas e impostos passou aos suaves R$ 223,72. Tudo isso tendo que suportar um serviço de iluminação publica deficiente. Caro Vereador Deusinho, se conseguir me explicar como é feito o calculo e tudo isso e como fazer para acabar com esse abuso, com certeza serei um eleitor bem agradecido nas próximas eleições! E não estarei apenas pensando que algumas propostas são apenas uma maneira de subir na política através da boa fé de um povo já tão assaltado pela ganância do poder publico e privado!!!

    ResponderExcluir
  5. deusimar, o que você fez ou tem a dizer sobre a iluminação publica na av. ulisses guimarães?

    fran moradora da av. Ulisses Guimarães

    ResponderExcluir

A Equipe do Blog do Deuzinho recomenda:
Leia o post antes de comentar;
É livre a manifestação do pensamento desde que não abuse ou desvirtue a imagem do Blog ou do Deuzinho Filho;
Pede-se apenas tolerância e bom-senso dos comentaristas;
Não vamos aceitar xingamentos, palavras de baixo calão ou ataques ofensivos de adversários políticos;
Não será tolerado nenhum tipo de ofensa, desrespeito, ou em desacordo com as regras do Blog ou algo do tipo: criticar os leitores ou falar mal do Deuzinho Filho (aqui, nem pensar!).
Se preferir use o e-mail:

verdeuzinho@gmail.com