terça-feira, 16 de março de 2010

“Se liga Cagece”: Parque Potira I há 22 dias sem água.

Uma das necessidades mais básicas para a sobrevivência humana é a água. As pessoas não podem ficar sem água, seja na cidade ou no campo. Em Caucaia infelizmente acontece o que jamais poderia ocorrer – a falta do líquido mais precioso para a vida nas torneiras dos seus bairros.
O Parque Potira I está sem água há aproximadamente 22 dias. A conta chega bem antes do dia do vencimento, a população paga a conta, e a água desrespeitosamente não chega. Neste ambiente de carência do líquido, irresponsabilidades e problemas, existem pessoas que andam mais de 2 km para pegar água, transportada em latas e baldes (cenas típicas do sertão Nordestino em épocas de secas).
A responsabilidade da distribuição de água é da Cagece. A empresa sempre diz que é culpa da bomba sempre em manutenção, é falta e pressão na complexa encanação, mas o que há de fato é a carência de ampliação da rede, e construção de anel para reforçar a área atingida pela ausência de água.
Enquanto a Cagece vagarosamente espera para resolver de uma vez por todas a deficiência na distribuição de água no Parque Potira I, a população sofre para consumir um direito legítimo de todo cidadão. A Equipe do Blog do Deuzinho se solidariza com a tolerância, o sofrimento e a paciência do povo que paga sua conta em dia, e não tem água nem para lavar as mãos. Solidarizamos com todos do Parque Potira I, e outras localidades de Caucaia que tem o mesmo problema da falta de água.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Equipe do Blog do Deuzinho recomenda:
Leia o post antes de comentar;
É livre a manifestação do pensamento desde que não abuse ou desvirtue a imagem do Blog ou do Deuzinho Filho;
Pede-se apenas tolerância e bom-senso dos comentaristas;
Não vamos aceitar xingamentos, palavras de baixo calão ou ataques ofensivos de adversários políticos;
Não será tolerado nenhum tipo de ofensa, desrespeito, ou em desacordo com as regras do Blog ou algo do tipo: criticar os leitores ou falar mal do Deuzinho Filho (aqui, nem pensar!).
Se preferir use o e-mail:

verdeuzinho@gmail.com